Arquivado em Notícias Fotos Scans Séries O Exorcista

Entrevista na revista Quién México

Na revista Quién México de outubro 2017 podemos encontrar uma entrevista que fizeram recentemente com o ator mexicano devido à estreia da segunda temporada de O Exorcista. Você pode lê-la abaixo.

HQ


Não é qualquer demônio que o queima

Alfonso Herrera triunfa nos Estados Unidos graças à série O Exorcista e admite quais demônios internos com os quais batalhou para ser feliz.

As possessões diabólicas não são as únicas que Alfonso Herrera teve que exorcizar. Com sua volta à segunda temporada de O Exorcista, transmitida pela FX, o ator confessou quais são os demônios internos que combateu para abrir seu caminho em Hollywood. “É preciso exorcizar o pudor.  Todos os seres humanos têm medo e insegurança. Devemos superá-los para poder viver, para sermos um pouco mais felizes. Eu aprendi a sair da minha zona de conforto e quando o consegui vieram coisas muito boas”, nos confessa Alfonso.

Para o mexicano esse projeto não só consiste em colocar a batina e se tornar novamente o Padre Tomás, é uma oportunidade de experimentar um gênero do qual antes não era muito afim. “É como uma relação de amor e ódio, porque a gente gosta que nos assustem, é algo excitante, mas ao mesmo tempo é uma sensação dolorosa. Eu fui entrando pouco a pouco nesse gênero e agora o aprecio muito. É incrível”.

Ainda que ele não tenha nada de sacerdote, de mexicano ele tem tudo e pode ser que o profundo amor a sua cultura seja a única qualidade que ele divide com o seu personagem. “Nós dois nos sentimos orgulhosos de onde viemos, das nossas raízes. Ele é um homem que elimina os esteriótipos dos latinos nos Estados Unidos”.

Para Alfonso não existe diferença entre as produções mexicanas e os projetos que fez para a Netflix (Sense8), pois o trabalho é igual em qualquer lugar. “São os mesmos cabos, câmeras, luzes e ferros em todos os lugares. Afinal, são pessoas contando uma história.” 

Revista Quién

Share